HEADHUNTERS | FANIL PANDYA

02.06 a 28.06 2018

ESPIGA / PORTO

“Há muito tempo que os guerreiros Konyak guardaram as suas lanças e abraçaram a paz, mas as histórias relacionadas com o seu passado feroz continuam a assombrar a imaginação de fotógrafos e de contadores de histórias por todo o mundo. Entre 2015 e 2016, Fanil Pandya foi ao encontro deste clã tribal, documentando em imagens os seus orgulhosos anciãos, e últimos sobreviventes, de um legado bárbaro que durante séculos sobreviveu sob a proteção das inacessíveis colinas de Nagaland.
Através da série de fotografias “Headhunters”, Fanil Pandya permite-nos um vislumbre inesquecível ao passado extraordinário de uma comunidade à beira da extinção e de uma das suas mais importantes tradições: a prática de caça-cabeças humanas.”

Isabel Braz | ethiCollective | 2018

Fanil Pandya (1984, Hyderabad, India).
Usando a fotografia como forma de arte, Fanil Pandya iniciou a sua viagem como fotógrafo através da documentação em imagens de culturas, tribos, tradições e costumes em vias de extinção. O seu trabalho fotográfico tem sido apresentado em diversas ocasiões e foi já publicado pela National Geographic India, Outlook Traveller e Times of India. Em 2017 é selecionado para participar no legendário Eddie Adams Workshop (New York), um dos mais prestigiados programas de fotojornalismo para fotógrafos emergentes. Em Novembro de 2017, Pandya participa na exposição colectiva “50:50”, (com curadoria de John ML) na Birla Academy of Arts and Culture, em Calcutá, India, onde expõe ao lado de fotógrafos de renome como Waswo x Waswo e Abul Kalam Azad, entre outros.

A série de fotografias Headhunters é uma tentativa de Pandya de narrar visualmente as histórias dos últimos caça-cabeças Konyak ainda vivos. Foi já exibida em New Delhi (Egg Art Studio), Mumbai (PL Deshpande Kala Academy), Ahmedabad (Amdavad ni Guffa), Vadodara (Fine Arts Faculty, MS University), em Hyderabad no muito prestigiado Indian Photo Festival, e em Lisboa, no Espaço Exibicionista, em outubro de 2017. Headhunters regressa agora a Portugal, ao Porto, para uma exposição na Espiga, a convite de Isabel Braz (ethiCollective).

ESPIGA (Espaço de Imaginação Gosto e Artes)

Rua Clemente Menéres 65A

4050-202 Porto, Portugal

Aberto de 3ª a domingo, das 19,00H á 01.00H