Showing all 6 results

Os Gond são a maior comunidade tribal da India e podem ser encontrados no Madhya Pradesh (India Central) e Estados circundantes. No sistema de crenças Gond, cada montanha, rio, lago, árvore e rocha é habitado por um espírito e, por isso, sagrado. A Arte Gond é uma expressão da vida do dia-a-dia da tribo e nasceu da sua crença de que “ver uma boa imagem traz boa sorte”. Consequentemente, os Gond pintam as suas paredes e pavimentos com vividas representações da flora e da fauna local, dos seus deuses e rituais, e da sua relação com a natureza. Através das suas pinturas (normalmente coloridas com pigmentos naturais), os Gond narram estórias e parábolas muito antigas.
As imagens das pinturas Gond são criadas através da união de pontos e de linhas que, no seu género particular, definem a individualidade de cada artista. É no uso criativo destas linhas e pontos (que ao preencherem os desenhos transmitem uma sensação de movimento ás imagens) que cada artista revela o seu estilo e assinatura.
Por volta de 1982, a arte Gond transpôs as paredes de lama das aldeias da tribo para o papel, e para a tela, através de artistas talentosos como Jangarh Singh Shyam (1962 -2001), o primeiro artista Gond a ser reconhecido internacionalmente. Outros afamados artistas contemporâneos Gond, como Durga Bai, Bhaiju Shyam e Ram Singh Urveti, continuam a contar as estórias mágicas dos Gond através de novas tradições de artes visuais e narrativas, criando representações sem precedentes dos mundos naturais e míticos da sua tribo.

Na foto: Durga Bai (1972, Bursapur, Madhya Pradesh, India), célebre e premiada artista Gond, da tribo Gond Pardhan.