Showing all 13 results

Rui Pina aka Expeão (Porto, 1978) é Produtor, Compositor e um dos maiores impulsionadores musicais da zona norte de Portugal. Músico talentoso, escritor, activista e um dos rappers mais antigos em Portugal, Rui assume desde 1996, o papel de vocalista da banda hip hop de culto, Dealema. Em 2016 inicia o seu percurso na fotografia com uma máquina analógica de rolo e um iPhone. Rui fotografa instintivamente, e por impulso, capturando em imagens cruas a realidade das ruas do Porto, uma realidade que considera sem adornos e isenta de encenações. Rui fotografa com proximidade e interage intimamente com os sujeitos das suas fotografias para conhecer as suas histórias e poder partilhá-las. É na rua, e nessa interacção com as pessoas com quem se cruza, que Rui encontra a sua própria voz e a sua identidade enquanto fotógrafo. Gosta de expor a vida como ela é, bela e terrível, e de trazer para a luz pessoas marginalizadas e muitas vezes “invisíveis”, uma abordagem profundamente ligada ao seu passado e ao bairro pobre onde cresceu. Confiando na relação muito próxima que tem com o Porto, Rui gosta também de incluir a arquitectura da cidade nas suas imagens e de documentar as personalidades portuenses mais clássicas e caricatas. Embora tenha começado a fotografar apenas á cerca de dois anos, Rui Pina tem mais de 5,400 seguidores na sua conta do Instagram (@gothic_porto). É actualmente um dos principais nomes da fotografia de rua em Portugal, o fundador do maior colectivo português de street photography, o “Portuguese Street Collective” (@streetphotography_pt) e o Co-fundador do Colectivo Internacional “World Street Generation” (@world.street.generation). O seu trabalho já foi premiado a nível internacional, tendo sido vencedor de concursos como: - C/O-Berlin “William Klein Assignment“ (Alemanha) - Mira mobile prize 2017 (Portugal) - C/O-Berlin "Joel Meyerowitz Assignment“ (Alemanha) Em Abril de 2018, apresentou a sua primeira exposição “Efémeros Instantes”, uma retrospectiva conjunta, no Espaço Mira (Porto). Entre Julho e Outubro de 2018 apresenta a sua exposição individual “Portugueezers”, a convite da ethiCollective, na galeria pop up P.Art.S., no Palácio GV, em Lisboa.