Showing all 4 results

As centenárias bonecas Karajá Ritxòkò são uma referência cultural significativa para o povo Karajá (Rio Araguaia, Brasil).

A sua produção é uma atividade exclusiva das mulheres e envolve técnicas ancestrais ainda transmitidas de geração em geração. É apenas através da mistura da argila branca, retirada do fundo dos rios, e das cinzas da cega-machado  (Physocalymma sacaberrimum Pohl) - uma árvore de madeira muito dura-  que a argila atinge a consistência ideal para resistir ao processo de moldagem e cozedura, desenvolvido por Wexiru, uma ceramista do povo Karajá.  Após a sua secagem e limpeza, as peças de cerâmica são pintadas a preto e vermelho com carvão, jenipapo e urucum e decoradas com motivos relacionados com a pintura corporal e o vestuário tradicional dos Karajá. Foi a partir da identificação do seu processo de produção que as bonecas Ritxòkò ganharam reconhecimento como Património Imaterial da Cultura Brasileira pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - em 2012.

Reconhecem-se actualmente 4 grupos de bonecas Karajá Ritxòkò : as antigas (sem pernas e sem braços), as dos seres míticos e cosmológicos (representações das lendas), as ritualistas (representações de rituais) e as modernas (representações do quotidiano).

Mais do que objectos meramente lúdicos, as bonecas Ritxòkò são consideradas representações culturais que comportam significados sociais profundos, reproduzindo a ordem sociocultural e familiar dos Karajá. 

É com estas bonecas que as crianças Karajá aprendem a socializar e também sobre a sua cultura, obrigações, idioma e lendas do seu povo, por exemplo.

.

Habitantes seculares das margens do rio Araguaia nos estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso, no Brasil, os Karajá mantêm os seus costumes, língua e ritos tradicionais. A sua convivência temporária nas cidades visa meios de reivindicar os seus direitos territoriais, o acesso à saúde e à educação bilingue, etc.

Existem actualmente cerca de 3600 Karajás.

.

As bonecas Karajá Ritxòkò selecionadas pela ethiCollective são feitas pela ceramista Deborea Karajá da Ilha do Bananal, Tocantins, Brasil.

bonecas Karajá Ritxòcò (Brasil)

fazendo beiju

50.00

bonecas Karajá Ritxòcò (Brasil)

Koboi

50.00

bonecas Karajá Ritxòcò (Brasil)

o namoro do jacaré

50.00

bonecas Karajá Ritxòcò (Brasil)

o nascimento da onça

50.00